Antes da pandemia as celebridades masculinas estavam desfilando correntes, brincos, colares de pérolas, anéis grossos, entre outros, por toda parte.

Com a falta dos eventos durante a pandemia de COVID 19, parecia que o ímpeto da categoria diminuiu. A retomada das atividades no segundo semestre de 2021 mostrou um mercado em alta, onde o homem está mais antenado com a moda e as joias já fazem parte do vestuário.

Um relatório recente da Business of Fashion e McKinsey & Co. expôs que embora as vendas do setor masculino mundial represente apenas 5 – 10% do mercado global, as marcas estão tendo a oportunidade de conquistar maior participação no mercado de joias masculino,  setor que ainda está um pouco “bagunçado”.

A resposta para o aumento do consumo masculino é entendida pela abreviação YOLO (You Only Live Once), traduzindo “você só vive uma vez”.

Então, homens é o momento perfeito para abandonar regras arcaicas e sair por aí exibindo todo o seu estilo, sem medo de ser feliz. E para os empreendedores da área é bom ficar ligado neste mercado.

Escrito por

Vera Pessoa

Bijuterias e joias se tornaram uma forma para a expressão do estilo pessoal.
Entender quem é o seu cliente é a chave para o sucesso de seu negócio.
Nosso trabalho é ajudar você a entender como as tendências e as inovações tecnológicas influenciam o seu negócio de Bijuteria & Joia. Continue nos prestigiando, @v.pessoastudio